Arquivo para dezembro, 2008

FELIZ NATAL!

Posted in Homenagem with tags on 19/12/2008 by Christianne Matsuno

Natal é tempo abençoado de dar mais atenção à criança que mora em cada um de nós, é tempo de ficarmos com as pessoas que amamos, com a nossa família.
Natal é sinônimo de alegria, ruas iluminadas com decorações maravilhosas, Natal é presente no pé da árvore enfeitada com bolinhas e luzinhas que nos encantam. É perdoar o próximo, um parente, um amigo, é ser perdoado de coração.
Natal é felicidade, é a união, portanto, que nesse Natal vc seja a pessoa mais feliz do universo. Fique com sua família, pois, sem ela você não existiria, encontre os amigos, dê muitos presentes, ganhe muitos. E não pense só no material, pois, um simples olhar, um abraço e um “Feliz Natal” dito do fundo do seu coração poderá ser um grande presente que uma pessoa pode ganhar.

Como tradição, todos os anos passo com a minha família e depois da ceia, de enchermos a pancinha (que cá entre nós, comer é bom à beça), minha turma e eu reunimo-nos na casa de um amigo querido, para fecharmos essa data com chave de ouro.

Faça isso também, aproveite esse clima natalino que nos deixa mais carinhosos, mais sensíveis, comemore, beije, e abrace muito as pessoas a sua volta, dê seus sinceros votos natalinos que o bom velhinho saberá retribuir muito bem.

Como só retornarei em janeiro, deixo aqui meus sinceros votos.
FELIZ NATAL!!!

Autoria de Christianne Matsuno.

Anúncios

Meus sais minerais, ASSASSINARAM O PORTUGUÊS SEM DÓ. MIM ÍNDIO.

Posted in Pensamentos with tags on 03/12/2008 by Christianne Matsuno

“Dá o trabalho PRA MIM fazer”. Aaaaaaaaaaahhhhh, não estamos no túnel do tempo, ou no mundo da selva, e muito menos não é um índio que está falando, é exatamente isso que vc leu. Acredite. Muitas e muitas pessoas concluem uma frase dessa maneira. E não pense que são apenas pessoas com poucas instruções. NÃÃÃO. São pessoas que já concluíram a faculdade, têm um status muito bom na sociedade e andam por aí com o narizinho empinado pensando que são os melhores quando na verdade não sabem nem concluir uma frase corretamente.
Todos nós aprendemos no colégio que sempre que a frase for concluída com um verbo usa-se a primeira pessoa do singular “EU”, quando não, usa-se o “MIM”. Exemplo: “Tem muito trabalho PARA EU fazer”. “Tem muito trabalho PARA MIM”.
Agora diga-me se for capaz, qual é a dificuldade de usar os pronomes na frase correta?
Ok, vivemos no Brasil, terra onde ERA composta apenas por índios. Mas estamos no século XXI, minha gente. E certas pessoas não evoluíram, ainda têm os índios dentro delas através do MIM. Vamos dar uma máquina do tempo a elas!
Poxa, errar um vírgula, um trema, trocar “Ç” por “SS”, é mais aceitável, apesar de não estar correto. Mas é o cúmulo do absurdo errar a concordância verbal. Frases desorientadas onde não entendemos o sentido da frase acompanhado sempre do “Vou pagar a conta pra MIM ir embora”. E, o pior é que não adianta tentar corrigi-los, parece que fazem propositalmente vivendo no constante mundo da selva.
Ninguém é obrigado a saber de tudo, mas hoje em dia, não há mais desculpas para não saber sobre nada. Existem meios fáceis para aprender, acesso ao jornal, a livros, a revistas, que não pagam nada. Tenha o hábito de ler um pouquinho, é na prática que se aprende!

Autoria de Christianne Matsuno.